23

Amamentar: nem sempre é fácil mas não desista!

Hoje é dia de convidada no blog! E a nossa convidada especial é a Roberta mamãe do Matheus, do blog Matheus Meu Coração. Ela vai falar sobre Relactação. Você sabe o que é? Eu descobri através dela, e pedi que ela compartilhasse a historia dela aqui no blog, tenho certeza que vai ajudar muitas mamães.  Me acompanha?

Amamentar: nem sempre é fácil mas não desista!


Fazendo a relactação!



Como a maioria das mães, achei que amamentar seria uma tarefa fácil... Era somente por o bebê no peito e ele “sairia mamando”. Porém, foi muito mais difícil do que pensei e continua sendo. No terceiro dia com o meu filho no hospital, já com fissuras e rachaduras devido à pega errada, foi diagnosticado que ele tinha icterícia (amarelão) e ele precisou ficar mais três dias no hospital, mas eu já tinha recebido alta. Nesses três dias dei muito pouco de mamar a ele, o que pode ter agravado a situação.
Em casa tentei regular as mamadas de três em três horas, inclusive acordava ele à noite para amamentar, que chorava após cada mamada, e achei que era fome. Por medo e falta de confiança em mim mesma, dei leite artificial de mamadeira, uma coisa de que me arrependo muito. Eu já chorei tanto de dor quanto de tristeza por não amamentar exclusivamente.
Tentava dar o mínimo possível do complemento, mas ele chorava muito e, como a pediatra autorizou, continuei oferecendo. Pesquisando na internet, li que deveria dar em copinho e não na mamadeira e assim foi por quase três meses, momento em que ele não queria mais pegar o peito.
Em dezembro, após dois meses de tentativas para aumentar minha produção de leite (tomava Equilid, leite com chá de funcho, mingau de aveia, Plasil), não consegui. Meu filho chorava e esperneava quando o colocava no peito. Ele não aceitava ficar nem por um minuto. Hoje sei que ele estava na crise dos 3 meses
Eu não sabia mais o que fazer, passava os dias chorando e pesquisando na internet uma solução porque não aceitava parar de amamentar. Após algumas pesquisas, descobri a Relactação, que é dar o complemento (LA ou LM) por uma sondinha junto ao peito.
Iniciei então minha jornada na Relactação. No início foi muito difícil, meu bebê não parava quieto e a sondinha saia de sua boca toda hora, muitas vezes pensei em jogar tudo fora, mas resisti.
Quando descobri a Relactação, conheci virtualmente duas mães que tinha feito (Barbara Saleh e Kelly Carvalho), e as duas fizeram por semanas e não precisaram mais. Mas eu acabei continuando, pois ele não queria pegar o peito sem a sondinha, por mais que eu tentasse.
No site que li sobre a Relactação tinham fotos e explicava como fazer, mas acabei adaptando do meu jeito mesmo. Até comprei o Mama Tutti, mas era muito pequeno, então usava a mamadeira.
Em março falando com a Kelly ela me indicou duas Consultoras de Amamentação e assim conheci a Rosane Baldissera do Mamãe & Bebê Consultoria em Amamentação (http://www.mamaebebeamamentacao.com/) e ela me deu dicas ótimas e um baita apoio.
Eu estava usando a sonda número 6 e via que cada dia ele mamava mais rápido e ficava menos tempo no peito. Uma das dicas da Rosane foi usar a sonda menor a número 4. Acabei achando para compra de SC pela internet. Durante uns dias senti a diferença e ele ficava mais no peito, mas logo aprendeu a chupar mais rápido.
Nova dica da Consultora, apertar a sondinha na hora de amamentar. E assim fiz por dicas, meus dedos ficavam quase roxos. Porém ele teve roséola e passou a mamar pouco ai foi tudo por água abaixo.
Continuei em busca de soluções para aumentar o leite, tomei cápsula de alfafa, levedura de cerveja, e nada. Já tinha lido sobre um tal de Promil que é de Portugal, então só importando e decidi investir mais uma vez com a esperança de aumentar o leite.
Mas será que teria o efeito milagroso que estive esperando todos estes meses?
Antes de comprar o Promil, usei por algumas semanas o spray nasal Syntocinon, mas novamente não obtive o resultado desejado.
Depois de três semanas de espera, finalmente o Promil chegou de Portugal (é um suplemento alimentar). Comecei então a tomá-lo: 2 sachês ao dia e conforme a farmácia me disse, após a primeira caixa já teria resultados, porém, tomei as três caixas e nada mudou. E se mudou, foi para pior, antes eu ordenhava após as mamadas um total de 60 ml ao dia, agora, não consigo nem 5 ml.
Antes acordava com a blusa úmida de leite agora não mais. Eu Estou vendo dia a dia meu leite desaparecer, mas continuo insistindo na Relactação, pois, aprendi muito com as mulheres do Grupo de Aleitamento Materno Solidário do Facebook: não desistir.
Tenho conversado com muitas mães que estão com problemas para amamentar e dou sempre meu apoio para continuarem.
Acredito que se eu soubesse o que sei agora lá no início, tudo poderia ter sido diferente.
Faço a Relactação a mais de 7 meses. Já ouvi vários me dizendo pra desistir que ele está grande (quase 11 meses) mas eu sei que ele adora o mama no peito. Algumas semanas atrás ele terminou de mamar e quis brincar com o peito, mexia e dava risada. Como que vou deixar pra lá, se percebo a felicidade dele mamando? Não dou bola pro que dizem e faço o que meu coração de mãe manda: continuar enquanto ele está feliz.
Dia primeiro de agosto comemoramos o Dia Mundial da Amamentação e me sinto orgulhosa de pelo menos não ter desistido.
Espero que minha estória ajude outras mães a persistirem nesta tarefa que pode não ser fácil, que pode doer muito, dar rachaduras, fissuras, mas que é a mais linda forma de amor entre mãe e filho: AMAMENTAR.


 Obrigada Roberta por dividir sua historia conosco, te desejo sorte na relactação, você vai conseguir. Amamentar é mesmo uma troca de amor! Beijos nossos querida!
-----------------------------------------------------------

E se você quer contar sua historia aqui no blog, compartilhar conosco sua historia, é só entrar em contato comigo aqui no blog ou no e-mail maeparatodavida@hotmail.com, ficarei muito feliz em publica-la aqui.
Beijos nossos!
Comentários
23 Comentários

23 comentários:

Andreia Cristina disse...

Ei Raquel,

eu já conhecia o texto lá do blog da Roberta. Legal você compartilhar. Eu também nunca tinha ouvido falar.

Bj!

Cristiane disse...

Muito bonito o seu relato, parabéns!! Cris

Camila Carvalho disse...

Não é nada fácil mesmo! pra mim foi um terrooor no começo!!!
meus 2 bicos racharam!!
mas Alanis com 02 anos ainda mama!!!
então..VALEU MUUITO A PENA!
bjinhos
perolasdealanis.blogspot.com

Meriene Zamprogno disse...

Tambem fiz um post sobre isso e reclamei como muitas mães deixam e amamentar por não procurarem ajuda, muitas mães não lutam por esse direito nosso e dos nossos bebes, no inicio eu poderia ter desistido por que machucou, deu tudo errado pra falar a verdade, não desisti, pensei " vou dar de mamar, SIM!" fui num banco de leite e consegui resolver a maioria dos meus problemas de amamentação, estamos aí, hoje meu baby saudavel, mamando muito como deve ser =)

Diário da mãe e da filha disse...

Parabéns pelo relato, amamentar realmente não é fácil!
Beijos

CANTINHO DA EDNA disse...

ESTE DEPOIMENTO MOSTRA A MÃE ZELOSA QUE VOCÊ É ROBERTA. TE ADMIRO MAIS A CADA DIA.
VALEU,ALINE, POR PUBLICAR ESTE TEXTO PERTINENTE E PRA LÁ DE EMOCIONANTE. TENHA UMA SEMANA ABENÇOADA!

Rafaela Martins disse...

Nossa me emocionei com o post, pois quem me conheçe sabe do drama que estou passando pra amamentar mais tmb não tenho aquela coragem de desistir e lendo esse relato ai que não dá vontade mesmo de parar!
Roberta realmente amamentar não é facil, imagino o que você passou e esta passando mais como eu mesma tenho orgulho de mim amamentar com peitos na carne viva tmb tenho orgulho de você em sempre tentar, tmb tento ao maximo não ligar para o que os outros dizem vai pelo seu coração igual eu estou fazendo!
Lindo Post
Adorei Aline!!

Bjooos

http://annabeatrizrafaela.blogspot.com.br/

A equipe da Babycub disse...

Você fez o certo! Não desista mesmo, continue fazendo seu baby feliz! Com certeza a amamentação une muito mais mãe e filho do que qualquer outra coisa!

Parabéns

Aline da Babycub

A equipe da Babycub disse...

Com certeza você fez a coisa certa! Não desista, seu baby está feliz com isso e você tbm!

Aline da Babycub

Mamãe Roberta Soares disse...

Obrigada. Bjs
http://matheusmeucoracao.blogspot.com.br/

Mamãe Roberta Soares disse...

Obrigada. Bjs
http://matheusmeucoracao.blogspot.com.br/

Mamãe Roberta Soares disse...

Que bom Camila, a gente não pode desistir. Bjs
http://matheusmeucoracao.blogspot.com.br/

Mamãe Roberta Soares disse...

Meirene, eu tb fico triste com aquelas q nem tentam. Vi várias desistirem por bobagem. Bjs
http://matheusmeucoracao.blogspot.com.br/

Mamãe Roberta Soares disse...

Obrigada. Bjs
http://matheusmeucoracao.blogspot.com.br/

Mamãe Roberta Soares disse...

Obrigada Edna. Por meu filho faço tudo. Bjs
http://matheusmeucoracao.blogspot.com.br/

Mamãe Roberta Soares disse...

Obrigada Rafa. Mãe que ama não desite né? Bjs
http://matheusmeucoracao.blogspot.com.br/

Mamãe Roberta Soares disse...

Obrigada Aline. Bjs
http://matheusmeucoracao.blogspot.com.br/

Mamãe Roberta Soares disse...

Andreia, pois é eu tb não, mas Deus me colocou no caminho certo, senão meu filho ia ser desmamado com 2 meses. Bjs
http://matheusmeucoracao.blogspot.com.br/

Adriana Ranzi Curioni disse...

Oi Roberta parabéns por lutar pela amamentação com seu bebe! Não é só o amor de mãe, mas é a vontade que conta! Eu também fiz um post sobre o quanto lutei para ela conseguir mamar leite materno se quiser ler http://www.minhamaricotamaricotinha.com/2012/07/amamentar-um-ato-realmente-de-amor.html

Abraço para vc e abraço para Aline!
http://www.minhamaricotamaricotinha.com

Mamãe Roberta Soares disse...

Obrigada Adriana. Vou lá ler sim. Bjs

Aline Patrícia disse...

Eu também rsrs!!
Bjos!

Cristiane Lima disse...

Nossa q incrível... Parabéns por toda garra, força, desprendimento de si mesma para poder amamentar o seu filhote. Eu não tive grandes problemas na amamentação, mas já estou com dó de parar de amamentar... bjss
http://cphilene.wordpress.com

Aline Melo disse...

Minha bebê deixou de mamar com quatro meses..hoje ela ta com um ano será possível ela voltar a mamar?outro dia coloquei o seio na boca dela para ver a reação dela..ela recusou