6

Refluxo! Atenção Mamães!


Imagem da internet

 Desde o nascimento da Emilly observei que sua regurgitação não era normal, embora todo mundo falasse que era assim mesmo,que ela vomitava tudo que mamava porque ela ia engordar, essas crendices nas quais eu não acredito, eu sabia que tinha algo errado. A pobrezinha dava cada golfada, tudo que tinha mamado mesmo, engasgava o tempo todo, teve vezes que peguei ela sem ar, roxinha, quase morri do coração. 
 Eu tinha certeza que o problema era o tal do refluxo, o pediatra confirmou minha suspeita quando ela completou um mês, passou algumas instruções, que eu já estava cansada de saber de tanto pesquisar na minha querida internet, e passou a medicação que ela usa até hoje, um dia sem tomar os remédios  o quadro piora.
Já tem uma semana que percebi que está bem pior, mesmo ela usando a medicação. Encuquei que ela emagreceu, todos dizem que não, mas mãe vocês já viram, amanhã vou levar ela para pesar. 
 Como saber se é refluxo: quando a mamada é acompanhada de choro, irritação, arrotos (muitas vezes tardios) e regurgitação. A causa é uma imaturidade do esfíncter, o músculo que liga o estômago ao esôfago. O bebê sente ardor e chora porque o leite volta do esôfago com um gosto ácido. Há casos de crianças que nem conseguem mamar e os pais pensam que é cólica ou dor de ouvido. Para amenizá-lo, o  pediatra costuma recomendar medicamentos, mudanças posturais como inclinar a cabeceira do berço e também na dieta que deve ser fracionada e a adoção de leites espessados quando o paciente não mama mais no peito, o que não é o caso da Emilly que mama só em mim. A doença do refluxo é assunto sério, pois pode lesionar a parede do estômago e causar complicações, como bronquites, infecções de ouvido, chiado no peito, perda de peso e pneumonia.
 Se o seu filho parece muito inquieto para mamar e irritado após se alimentar, comente com o pediatra e discuta a possibilidade de ele ter a doença do refluxo.  Mamães fiquem de olho, e quando achar que tem algo errado, procure o pediatra intuição de mãe não falha. Pelo menos a minha nunca falhou. 

Comentários
6 Comentários

6 comentários:

Aline disse...

Verdade,eu confio muito no meu instinto e raramente errei.

Sabe em que ouve um tempo em que eu suspeitava que meu filho tivesse o tal do refluxo oculto,ele não regurgitava,nada,nunca vonmitou 1 gota se quer..nada nem a tal gorfada comum de todo bebê,ele não engordava quase nada,e sempre tinha uma pra falar q era pq ele não regurgitava..afão!!

Mas a suspeita logo passou,fiz exames com uma gastopediatra tava tudo ok com ele..

Ele é miudinho mesmo.

Mas refluxo é brabo,estimo melhoras,a maioria dos bbs com refluxo se curam por volta do sexto mês!

Torcendo pra que a Emelly fique bem :)

Aline Patrícia disse...

Obrigada Aline!
Eu também torço muito pra ela melhorar logo, mas a maioria dos bebês só melhoram com um ano. O filho da minha vizinha tem 8 anos e ainda tem, o pobrezinho não pode comer quase nada. Mas a Emilly vai curar esse refluxo o mais rápido possível, se Deus quiser... Ainda bem que o Yohann não teve, porque parece que todas as crianças estão nascendo com refluxo.
Bjos!!

Mamãe do Enzo disse...

Aii guria nem me fala, o Enzo ta sofrendo com o refluxo o dele chegou a virar pneumonia, e ele tem o ronquidão tmb do refluxo. a unica coisa é que ele ganha peso super bem graças a deus, mas os outros sintomas ele tem todo.Quero ver com o médico outro remédio pq o dele não ta dando resultado :( bjos

http://maeefeliz.blogspot.com

Aline Patrícia disse...

Quais que ele usa? Os que a Emilly usa diminui bastante, não sei o que está acontecendo essa ultima semana para ter piorado. Mas se Deus quiser nossos pequeninos vão ficar livre disso logo logo. Tão pequenininhos...
Bjus!

Futura mãmã disse...

Ih coisa chata essa neah amiga...ainda bem que se pode fazer algo para ajudar os nenes nisso... Beijo

Aline Patrícia disse...

É um sofrimento Míriam!
Beijo!